Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

O Circuito Pré-Histórico da Nave

 

A Nave é uma zona de planalto que ocupa essencialmente os concelhos de Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva e Castro Daire. Encontra-se delimitada pelas serras de Montemuro e da Lapa, bem como pelos vales dos rios Paiva, Vouga e Távora. Apresenta cotas que vão desde os 600 aos 1000 m, atingindo o seu ponto mais alto a Sudoeste da povoação do Porto da Nave (1016 m), zonas de nascente de vários cursos de água, entre os quais o Paiva e o Varosa.

Na tentativa de recuperar alguns sítios arqueológicos existentes nesta paisagem serrana e, ao mesmo tempo, promover o desenvolvimento turístico-cultural do concelho, a autarquia de Moimenta da Beira decidiu criar o Circuito Pré-Histórico da Nave.

O circuito foi elaborado pela Empresa Arqueohoje – Conservação e Restauro do Património Monumental, Ldª (Viseu), em 1999, através de uma estrada de terra batida com cerca de 15 kms de comprimento, em torno das freguesias de Peravelha, Ariz e Alvite.

 

Estátua-Menir de Peravelha

 

Os monumentos pré-históricos que o integram são os seguintes: Orca da Fonte do Rato, Orca do Bebedouro I, Bebedouro II, Chã das Lameiras, Orca Grande, Orca de Seixas, Orca das Carquejas, Estátua-Menir de Peravelha (ver imagem) e o Povoado do Castelo (esta é a ordem dos monumentos para quem inicia o percurso a partir da Quinta dos Caetanos, freguesia de Alvite).

Uns foram devidamente intervencionados e recuperados (como foi o caso da Orca de Seixas) e outros simplesmente limpos, vedados e sinalizados.

Este circuito encontra-se devidamente auxiliado por uma brochura promocional, placas sinalizadoras, painéis explicativos (junto aos monumentos), onde o visitante poderá observar e compreender uma necrópole megalítica, uma estátua-menir e um povoado amuralhado. Além disso, acaba por ser um passeio único e agradável, onde também poderá admirar os ricos e diversificados recursos paisagísticos/ecológicos locais.

Contudo, para justificar este projecto turístico-cultural, recomenda-se a limpeza/manutenção periódica dos locais recuperados/valorizados, mormente no retardamento da vegetação e substituição do equipamento (sinalética) entretanto vandalizado.

 

José Carlos ( Arqueólogo)

 

publicado por naveserra às 17:44

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De angel hernandez a 21 de Setembro de 2009 às 15:42
Tengo mucho interés en el estado de las Antas de la Serra da Nave. Recientemente me dijeron que algunas como Bebedouro, estaban desaparecidas. Me interesa si puedo visitar Orca Grande, Seixas, Fonte de Rato, Carqueijas, y su localización para un próximo viaje. Gracias por anticipado. Felicitaciones por el blog

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Em terra de Lobos

. Nascer do sol na Nave

. Consórcio Ventinveste res...

. Construção do Parque Eóli...

. Caminhos da nave

. Penedo do Lagarto

. Quercus apresenta ...

. O parque e o lobo

. Câmara e juntas de fregue...

. Parque Eólico do douro Su...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds