Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

As cores da Nave

 

 

 

De todas as cores

Se veste a serra

De azul o céu

De verde a terra

De amarelo a giesta

Que faz da primavera

Uma constante festa

De amarelo o sol

Quando ao amanhecer

Acorda a natureza

Com sua rara beleza

Are ao anoitecer

No ocaso a desaparecer

Com seu tom avermelhado

Cor de fogo e de paixão

E logo aparece a lua

Que nos enche o coração

 

Modesta Figueiredo

 

 

 

 

 

publicado por naveserra às 11:20

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Em terra de Lobos

. Nascer do sol na Nave

. Consórcio Ventinveste res...

. Construção do Parque Eóli...

. Caminhos da nave

. Penedo do Lagarto

. Quercus apresenta ...

. O parque e o lobo

. Câmara e juntas de fregue...

. Parque Eólico do douro Su...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds